O que causou as inundações na Líbia? Colapso da barragem de Wadi Derna

o que causou as inundações na Líbia

o que causou as inundações na Líbia



Recentemente, um trágico incidente abalou a Líbia, quando uma enorme inundação devastou numerosas áreas, especialmente em torno da cidade costeira de Derna. Decorrente do rompimento de duas barragens, intensificado por um potente sistema de tempestades, a enchente deixou um rastro de destruição com mais de 5.300 vidas perdidas e aproximadamente 10.000 pessoas desaparecidas. A questão imediata que se coloca é: o que causou as inundações na Líbia?

  1. Resumo do que causou as inundações na Líbia
  2. O impacto do sistema de tempestade
  3. Infraestrutura de Barragens Fraca
  4. Devastação em Derna
  5. Infraestrutura Fraca e Áreas Baixas
  6. Fontes e citações adicionais
  7. Conclusão

Derna enfrentou a ira da natureza, combinada com vulnerabilidades criadas pelo homem. Uma tempestade, que afectou não apenas a Líbia, mas três países, atingiu as já frágeis infra-estruturas do país. Além disso, as duas barragens perto de Derna, medindo apenas 70 metros de altura, não estavam suficientemente fortificadas para suportar a força da tempestade. Quando a primeira barragem foi inundada, a água acumulou-se atrás da segunda barragem, provocando o seu rompimento, amplificando a magnitude da inundação.



As pessoas também lêem:
Colapso de barragem na Líbia: número de mortos, pessoas desaparecidas e resposta internacional

Resumo do que causou as inundações na Líbia

FatorDescrição
Sistema de TempestadeUma forte tempestade vinda do Mediterrâneo que afecta três países, incluindo a Líbia, em 10 de Setembro de 2023.
Falha na barragem de Wadi DernaDuas barragens, cada uma com 70 metros de altura, perto de Derna ruíram sob a pressão da tempestade.
Fraqueza da infraestruturaDevido ao conflito prolongado, as infra-estruturas da Líbia já estavam comprometidas, exacerbando o impacto das inundações.
Áreas Geográficas VulneráveisA cidade de Derna, por ser baixa e cercada por montanhas, era especialmente suscetível a inundações.

O impacto do sistema de tempestade

O sistema de tempestades do Mediterrâneo, que atingiu a costa em 10 de setembro de 2023, trouxe chuvas torrenciais e ventos fortes. Além da Líbia, os países vizinhos sentiram o impacto da tempestade, provocando inundações e devastação generalizadas.

Contudo, Derna, situada perto da costa, era particularmente susceptível. As montanhas circundantes canalizaram a água da chuva para a cidade, criando um cenário desastroso quando combinado com o rompimento da barragem.

Infraestrutura de Barragens Fraca

As duas barragens da Líbia perto de Derna estavam mal equipadas para chuvas tão intensas. Com apenas 70 metros de altura, eles não foram projetados para suportar o ataque da tempestade. A incapacidade da primeira barragem de conter o dilúvio levou ao rápido fluxo da água em direção à segunda barragem, causando finalmente a sua falha catastrófica.



Devastação em Derna

Após o rompimento da barragem, uma onda de enchentes atingiu Derna. A cidade testemunhou cenas horríveis enquanto bairros inteiros eram arrastados para o mar. Em meio às ruínas, mais de 5.300 foram confirmados como mortos, enquanto impressionantes 10.000 ainda estão desaparecidos.

Com a maior parte da cidade destruída, o rescaldo apresenta uma enorme crise humanitária. Os cidadãos deslocados, agora sem abrigo, necessitam desesperadamente de bens essenciais como alimentos, água e abrigo.

Infraestrutura Fraca e Áreas Baixas

O conflito de longa data da Líbia enfraqueceu consideravelmente as suas infra-estruturas. Estradas, pontes e outras instalações vitais estão em ruínas, tornando as respostas de emergência um desafio. Este cenário, juntamente com as inundações, agravou a crise.



Além disso, muitas regiões da Líbia, especialmente as afectadas, são baixas. A ausência de sistemas de drenagem eficientes e de outras infra-estruturas de protecção tornou estas áreas ainda mais vulneráveis ​​às inundações.

Fontes e citações adicionais

Mohamed Ahmed, um notável especialista económico, afirmou: A falha das barragens agravou significativamente a destruição provocada pelas inundações. Eles não conseguiram resistir à força da tempestade, resultando em uma grande liberação de água e grandes danos.

Destacando o aspecto humanitário, Georgette Gagnon, coordenadora humanitária da ONU para a Líbia, comentou: As inundações geraram uma grave crise humanitária. Milhares de pessoas perderam casas e necessitam de assistência imediata em termos de alimentos, água e abrigo.

Ahmed acrescentou ainda: Esta catástrofe tem sido um grande obstáculo para a recuperação da Líbia. Os danos nas infra-estruturas dificultarão a reconstrução económica e a prestação de serviços fundamentais.



Conclusão

A tragédia das cheias na Líbia sublinha a importância de infra-estruturas robustas e de uma preparação eficaz para catástrofes. Embora a forte tempestade tenha sido uma calamidade natural, a incapacidade das barragens de reter a água exacerbou a crise. O desafio que se segue não é apenas a reconstrução, mas também garantir que as infra-estruturas futuras sejam resilientes e fortificadas.

Perguntas frequentes :

P: Quando o sistema de tempestades atingiu a Líbia?
R: O sistema de tempestades afetou a Líbia em 10 de setembro de 2023.

P: Quantas barragens perto de Derna ruíram devido às inundações?
R: Duas barragens perto da cidade costeira de Derna ruíram por causa da tempestade.

P: Quantas pessoas são consideradas mortas devido às inundações na Líbia?
R: Mais de 5.300 pessoas foram confirmadas como mortas devido às enchentes.

P: Por que Derna foi particularmente afetada pela enchente?
R: A localização geográfica de Derna, perto da costa e rodeada por montanhas, tornou-a especialmente vulnerável às inundações.